quinta-feira, 3 de abril de 2014

Dicas de Saude 2

Ferro e Zinco: importantes minerais para as crianças

 Alimentação equilibrada é a principal maneira do organismo absorver a quantidade ideal de cada um desses nutrientes.

Você já ouviu falar dos minerais? Eles têm um papel fundamental no organismo do ser humano e, principalmente, no das crianças. Dois deles ajudam muito no desenvolvimento dos pequenos, seja no desempenho escolar ou ainda a ter uma boa imunidade: o Ferro e o Zinco. Eles são os responsáveis por deixar a garotada preparada para colocar a inteligência em prática e evitar contratempos de saúde que os façam perder a diversão com os amiguinhos.
Susy Coutsoucos, da NutriKids, que trabalha com programa de nutrição alimentar personalizado para crianças, explica que o Ferro é um constituinte do sangue e entre suas funções está a formação de hemácias para permitir uma boa coagulação do sangue. Já o Zinco, segundo mineral em maior quantidade no corpo depois do cálcio, tem como responsabilidade criar defesas no organismo que permitem tanto a renovação das células quanto uma queda na imunidade dos pequenos.
A quantidade de Ferro e Zinco necessária para o dia a dia não é tão alta: aproximadamente 10 miligramas diários para cada nutriente, levando-se em consideração a criança na fase de 1 a 10 anos. O pediatra José Luiz Setúbal, do Hospital Infantil Sabará, afirma que devido a isso a quantidade desses minerais pode facilmente ser adquirida apenas se houver uma alimentação saudável e equilibrada.
Mas embora as quantias a serem absorvidas desses minerais não sejam tão significativas do ponto de vista numérico, os especialistas alertam que não se pode deixar de dar importância a esses nutrientes. Isso porque são muito importantes para o crescimento e desenvolvimento do organismo, em especial nessa fase da infância.
A nutricionista Susy esclarece que alguns dos melhores alimentos para absorver Ferro, por exemplo, são as carnes vermelhas e o frango. “Chegamos a reter cerca de 90 a 95% dele nesses alimentos”, diz ela. Já o mesmo mineral, contido no feijão e nos vegetais é mais difícil de ser absorvido pelo corpo.
José Luiz conclui e alerta que para identificar a ausência do Ferro ou Zinco, por exemplo, os pais podem ficar atentos à cor dos olhos dos filhos – deve ter uma tonalidade avermelhada e não esbranquiçada –, no crescimento dos pequenos, na falta de concentração nos estudos, baixo rendimento escolar etc.
Quer preparar um prato saudável para os seus filhos com fontes de Ferro e Zinco?
Veja abaixo onde encontrar esses minerais e bom apetite!
  • Ferro: carnes em geral, fígado de boi, gema de ovo, ervilha, beterraba, frango, feijões, lentilha, açaí, folhas verde escuras, costelas de porco, vitela, cordeiro, farinha de peixe, pão de cevada, pães integrais, salsa, grão-de-bico cozido, pimentão, chocolate meio amargo, agrião, ameixa seca, morango, goiaba, maracujá, abacaxi, laranja, coco, damasco seco, kiwi, manga, uva limão, acerola etc;
  • Zinco: carnes bovinas, peixes, aves, leite e derivados, ostras, mariscos, sementes, amendoim, amêndoas, cereais, nozes, feijão, abacate, abacaxi, ameixa, banana, figo, framboesa, manga, melão, maçã, limão, pera, pêssego, tomate, acelga, alface, batata, cebola, cogumelo, ervilha, pepino, pimentão, repolho, arroz, arroz integral, aveia, centeio, grão-de-bico, soja etc.

 

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário